Inca estima que serão 68 mil novos casos de câncer de próstata em 2018

O câncer de próstata é o mais incidente entre os homens brasileiros após o tumor de pele não melanoma. Um levantamento do Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que serão 68.220 novos casos da doença em 2018, sendo que os valores correspondem a um risco estimado de 66 novos casos a cada 100 mil homens. A maioria dos pacientes se concentra nas regiões mais desenvolvidas, como Sul e Sudeste.

A previsão para o ano de 2019 é a mesma. Nos estados, a estimativa para os dois anos é maior em São Paulo, com 14.890 casos, seguido do Rio de Janeiro, com 6.950; Minas Gerais, com 6.730; e Rio Grande do Sul, com 6.210.

Segundo o Ministério da Saúde, o avanço da idade é um fator de risco para o câncer de próstata, visto que tanto a incidência quanto a mortalidade aumentam após os 50 anos. O histórico familiar em primeiro grau (pai, irmãos ou filhos) também é associado a um maior risco de desenvolvimento da doença.

O representante da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), Daniel Marques, explica que o rastreio da doença é feito a partir do toque retal a partir dos 50 anos. “Esse rastreio é muito importante. Dependendo do estágio do câncer e da idade do paciente, há duas opções: a cirurgia de prostatectomia ou radioterapia. Tem que ter em mente que o diagnóstico precoce dá uma chance maior de cura. O câncer não é igual em todo paciente, cada um tem um comportamento. Em alguns casos é silencioso e em outros, agressivo. Por isso a importância do rastreio.”

Marques aponta ainda a diferença drástica dos pacientes do sistema privado para o público, que tem menos acesso tecnológico, diagnóstico e de tratamento. “Infelizmente, o tratamento de câncer é heterogêneo. O sistema público acaba diagnosticando mais tarde, com o tumor já avançado. Já o privado tem mais acesso, descobre mais cedo e tem melhores condições de tratamento. O sistema público está atrasado e tem muito a melhorar”, conclui.

Portal Oncoguia

 

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *