Novembro Azul: Homens precisam encarar o câncer de frente

Quando o assunto é cuidar da própria saúde, os homens são mais resistentes do que as mulheres. “O homem brasileiro precisa se tornar consciente da sua saúde e da necessidade de fazer avaliação periódica com seu médico”, alerta o presidente da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), Sebastião Westphal.

Esse chamamento ao público masculino para cuidar mais de si é um dos lemas da campanha Novembro Azul, que além de abordar a saúde de forma geral, trata do segundo câncer mais comum entre os homens, o câncer de próstata, que fica atrás apenas do câncer de pele não-melanoma. A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é que a incidência este ano seja de 68.220 casos. Ou seja, a cada hora, sete homens recebem o diagnóstico do câncer de próstata no Brasil.

Um dos grandes desafios dos médicos que cuidam da saúde masculina é enfrentar o medo. “Felizmente a consulta ao urologista tem sido mais frequente. Mas ainda existe o medo de ter um diagnóstico; esse fator é muito presente no homem brasileiro”, explica Westphal.

A melhor forma de vencer esse medo ressalta Westphal, é difundir informações – como a indicação dos exames de rastreamento, para avaliar a saúde sem esperar ter sintomas. Homens a partir de 50 anos – ou 45 anos, se tiver fatores de risco (histórico familiar da doença: pai, irmão, tio; raça negra e obesidade mórbida).

O oncologista Fernando Maluf, um dos fundadores do Instituto Vencer o Câncer (IVOC), esclarece que nem todo câncer de próstata vai exigir medidas imediatas. “Sabemos que mais ou menos um terço dos pacientes com diagnóstico de doença precoce não precisam de tratamento imediato. O seguimento, chamado vigilância ativa, é uma das condutas mais recomendadas: através de exames regulares se monitora o câncer”. Se o câncer não crescer ao longo de anos, nada precisará ser feito. “Caso o câncer cresça, aí sim os tratamentos, como cirurgia e radioterapia, serão recomendados”.

Portal Vencer o Câncer

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *