O que a obesidade tem a ver com o câncer?

Antes de tudo, é preciso ter consciência de que a obesidade é uma doença por
si só, com mais de 50 causa possíveis. Se você tem obesidade, é importante
tratá-la com uma mudança nos hábitos alimentares e no estilo de vida.
Dito isso, a obesidade também é um fator que contribui para o surgimento do
câncer. O tecido adiposo, presente em grandes quantidades nos obesos, hoje é
interpretado pela medicina como um órgão, uma glândula, que produz
hormônios e proteínas inflamatórias que podem levar à doença. Hoje a
medicina vê o obeso como uma pessoa que tem uma inflamação crônica e leve
generalizada pelo corpo. Isso faz com que, aos poucos, as células inflamatórias
vão se instalando em todos os órgãos.
Os tipos de câncer mais relacionados à obesidade são os de esôfago, intestino,
reto, mama (após à menopausa) e útero. Quem, além de ser obeso, for
tabagista está sobrepondo fatores de risco. Portanto, se você tem as duas
condições, a mudança de estilo de vida é urgente.
Fonte: G1 // https://glo.bo/2u75GQ7

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *