Vitamina D e redução do risco de câncer de pulmão

Um novo estudo da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC), publicado online no Annals of Oncology. Este é o maior estudo observacional até o momento sobre a relação entre a vitamina D e o câncer, com uma análise de mais de 5300 pares de casos e controles em 20 estudos internacionais de corte prospectivos participantes.

O presente estudo teve como objetivo fornecer uma resposta precisa e definitiva sobre se a associação entre os níveis circulantes de vitamina D e o risco de câncer de pulmão.

Ao invés de se basear apenas nas informações de tabagismo autorreferidas (como estudos anteriores), este estudo incluiu uma análise da cotinina (um metabólito da nicotina encontrado no sangue), que forneceu uma medida objetiva da exposição recente ao tabaco. Os dados também incluem estimativas robustas sobre a vitamina D e câncer de pulmão entre ex-fumantes e não-fumantes.

Por fim, “Apesar de estudos anteriores menores sugerirem que altas concentrações de vitamina D poderiam proteger contra o câncer de pulmão, esses novos resultados não apoiam a ideia de suplementação de vitamina D para a prevenção primária do câncer de pulmão”, afirmou Christopher Wild, diretor da IARC. “Dada à alta incidência da doença, é vital priorizar os esforços para reduzir o tabagismo e identificar medidas preventivas adicionais que possam ajudar a reduzir o risco”, concluiu.

Fonte: https://bit.do/emFHz

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *