Dicas para cuidadores e amigos de quem está em tratamento

Falamos muito sobre a vivência do paciente com câncer, mas a Rede Coneccte
também é um espaço para a troca de dicas e experiências de quem é cuidador, amigo
ou familiar de quem está passando pelo tratamento. Se esse é o seu caso, saiba que
você é mais que bem-vindo(a) para compartilhar sua história por aqui.
Hoje, temos algumas dicas para quem desempenha esse papel tão importante:
– Vai acompanhar seu amigo ou parente numa consulta com o oncologista? Não tenha
medo de fazer perguntas: você também precisa estar informado(a).
– Um caderninho (ou o celular) é seu melhor amigo. Durante a consulta, vá anotando as
recomendações do médico, horários de remédios e outros detalhes.
– Tenha sempre em mente que o tratamento pode trazer mudanças temporárias ao
comportamento e humor do paciente. Seja compreensivo(a)!
– Ofereça todo o cuidado, mas lembre-se de estimular a pessoa a ser independente e
ativa. Por mais que você queira estar sempre presente, o ideal é que seu parente e
amigo não precise de você para fazer todas as atividades.
– Não se sobrecarregue! Quando for necessário, não tenha vergonha de pedir ajuda
para outros membros da família. Eles também podem colaborar.
– Entenda que nem tudo está sob seu controle. Há mudanças no tratamento, efeitos
colaterais e reações emocionais que você não pode prever. Faça sua parte, mas não
se responsabilize ou se culpe.
– Esse pode ser um período de estresse para o paciente e para você. Para diminuir a
tensão, alimente-se e durma bem, evite álcool e cigarro, busque o relaxamento e, se
sentir vontade, faça terapias.
– Só cuidando de você mesmo(a) você pode cuidar bem de quem ama!
Conhece alguém que é cuidador ou cuidadora? Envie essas dicas!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *