Suplementos alimentares ajudam na cura do câncer?

Quando se recebe um diagnóstico de câncer, é muito comum procurar ajuda além do
tratamento tradicional. A nova “moda” para os mais variados tipos de doenças, entre
elas as oncológicas, são os suplementos alimentares que contêm doses elevadas e
concentradas de determinadas vitaminas, minerais ou hormônios.

O que as pesquisas médicas indicam até agora, infelizmente, mostra que, para o caso
do câncer, a empolgação não se justifica. Todos os estudos científicos realizados
sobre o assunto mostram que a suplementação não tem nenhuma relação com a cura
do câncer. Há, no entanto, pesquisas incipientes mostrando que a vitamina D, por
exemplo, pode ajudar na prevenção, mas não na cura.

O mais importante é sempre estar acompanhado de um médico nesse tipo de decisão
e, desde já, não tratar a suplementação como uma pílula mágica. É comum termos
esperança exagerada nesses métodos, principalmente quando vem alguém de fora da
medicina prometendo mundos e fundos. Se quiser suplementar a alimentação para um
bem não relacionado ao câncer, consulte seu médico. Mas jamais acredite que um
polivitamínico ou uma cápsula pode te curar desse tipo de doença. Lembre-se que
vários novos tipos de cura estão se desenvolvendo e atualmente a sobrevida por meio
dos métodos tradicionais é muito mais alta do que há 20 ou 30 anos.
Fonte: Dráuzio Varella

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *